UOL Notícias Notícias
 

26/04/2007 - 06h54

Governo ucraniano considera inconstitucional adiamento das legislativas

MOSCOU, 26 abr (AFP) - A decisão do presidente Viktor Yushchenko de adiar em um mês as eleições legislativas antecipadas na Ucrânia é "inconstitucional", afirmou uma pessoa ligada ao premier ucraniano Viktor Yanukovich, citada pela agência Ria Novosti.

"O decreto anterior para dissolver o Parlamento e o decreto emitido pelo presidente em 25 de abril (sobre o adiamento das legislativas) são inconstitucionais", disse Serguei Liovochkin, chefe de gabinete do primeiro-ministro, citado pela agência de notícias russa durante uma visita ao Uzbequistão.

O presidente ucraniano Viktor Yushchenko decidiu na quarta-feira adiar em um mês, para 24 de junho, as eleições legislativas antecipadas, inicialmente previstas para 27 de maio.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host