UOL Notícias Notícias
 

02/05/2007 - 18h13

Unesco reconhece esforço do Equador para atender emergência em Galápagos

QUITO, 2 Mai (AFP) - A Unesco reconheceu nesta quarta-feira o esforço do governo do Equador para enfrentar a emergência nas ilhas Galápagos e convidou as autoridades equatorianas à apresentação, em junho, na Nova Zelândia, de seu informe sobre a situação do arquipélago.

"O presidente Correa tomou uma medida muito importante e necessária para enfrentar os problemas nas Galápagos ao declarar o estado de emergência", afirmou em Quito o diretor-geral da Unesco, Koichiro Matsuura.

"A Unesco está colaborando com o governo plenamente para garantir que o esforço das autoridades para enfrentar esses problemas sejam bem sucedidos" que ameaçam seriamente o frágil ecossistema das ilhas", disse Matsuura.

O excesso de turistas e imigrantes ilegais, além da introdução de espécies põe em risco a preservação do arquipélago, declarado Patrimônio da Humanidade em 1978.

Uma missão da Unesco foi enviada a Galápagos em abril para averiguar a situação. Matsuuri declarou que a delegação irá apresentar seu relatório em junho na Nova Zelândia, na conferência para a qual foram convidadas as autoridades equatorianas.

Em abril, o presidente socialista Rafael Correa declarou estado de emergência na área e anunciou restrições para os vôos, o turismo e os vistos de residência devido aos prejuízos causados ao meio ambiente local.

Localizadas a mil quilômetros da costa equatoriana, as ilhas Galápagos abrigam espécies únicas como tubarões e as tartarugas gigantes que dão nome às ilhas, assim como pássaros tentilhões, árvores e uma enorme variedade de insetos.

str/vel/ap-mvv

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -1,22
    3,142
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    0,67
    70.477,63
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host