UOL Notícias Notícias
 

03/05/2007 - 14h03

Fósseis do maior dinossauro da Austrália são revelados

=(FOTOS)= SYDNEY, 3 mai (AFP) - Os ossos fossilizados do maior dinossauro da Austrália foram exibidos nesta quinta-feira, enquanto os especialistas prevêem que a descoberta irá reescrever o que se conhece sobre o passado pré-histórico do país.

Os dois dinossauros, apelidados de Cooper e George pelos cientistas, pertenciam a uma família de titanossauro que viveu cerca de 100 milhões de anos atrás. Com 25 metros de comprimento, eles estavam entre os maiores animais que já passaram pela Terra.

Eles foram encontrados em 2005 e 2006, cerca de 1.000 km a oeste de Brisbane, mas foram mantidos em segredo à medida que os cientistas se dedicavam à árdua tarefa de desenterrá-los e estudá-los.

"Eles são titanossauros, que eram dinossauros herbívoros com pescoços e caudas extremamente longos, corpos maciços e pernas como as dos elefantes", disse o ministro das Artes de Queensland, Rod Welford.

Ele disse que titanossauros também foram encontrados na América do sul e no Norte da África, que junto com a Austrália formou no passado o supercontinente denominado Gondwana.

Um único osso da perna de Cooper pesa 100 quilos e mede 1,5 metro.

O curador de geociências do museu de Queensland, Scott Hocknull, disse que os ossos foram encontrados em uma área rica em fósseis que promete revelar muitos outros dinossauros.

"Cento e cinqüenta anos atrás, os Estados Unidos viveu uma corrida de dinossauros, com montes de ossos escavados em um curto período de tempo. A Austrália agora está na linha de frente de sua própria corrida de dinossauros", disse Hocknull.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -1,03
    3,146
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,09
    68.714,66
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host