UOL Notícias Notícias
 

05/05/2007 - 17h28

Acordo internacional controla pesca de arrastão no Pacífico Sul

SANTIAGO, 5 Mai 2007 (AFP) - Países com litoral no Pacífico Sur ou com frotas na região chegaram a um acordo na noite de sexta-feira em Reñaca, Chile, e vão congelar a pesca de arrastão em todas as áreas da zona onde existam ecossistemas marinhos vulneráveis, a partir do próximo 30 de setembro.

A decisão dos presentes à III reunião destinada a criar um Organização Regional de Administração Pesqueira (ORAP) nesta zona foi elogiada pela Coalizão para a Conservação das Profundezas do Mar, formada por grupos de conservação da natureza e por ambientalistas.

Mais de 20 países do sul do oceano Pacífico - inclusive Chile, Colômbia, Equador e Peru - assinaram o acordo na cidade chilena para tentar pôr fim a este método de pesca que destrói recifes de coral e a fauna marinha.

A proposta para o controle desse tipo de pesca havia sido apresentada pela Nova Zelândia, responsável por 90% dessa indústria, que movimenta milhões de dólares.

O Pacífico Sul abriga os últimos exemplares intocáveis do ambiente marinho profundo e se estende do Equador à Antártida e da Austrália à costa oeste da América do Sul.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    15h39

    0,24
    3,287
    Outras moedas
  • Bovespa

    15h42

    -0,41
    63.000,47
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host