UOL Notícias Notícias
 

18/05/2007 - 16h00

OMS adia decisão de destruir seus estoques de varíola até 2011

GENEBRA, 18 mai (AFP) - Os Estados-membros da Organização Mundial da Saúde (OMS) concordaram nesta sexta-feira em adiar até 2011 qualquer decisão sofre destruir os estoques remanescentes do vírus da varíola.

A assembléia anual dos 192 Estados-membros da OMS pediu à diretora-geral da organização, Margaret Chan, para que faça uma ampla revisão da questão em 2010 para permitir um consenso no ano seguinte.

O vírus altamente contagioso foi declarado erradicado em 1980 e muitos governos têm tentado destruir os estoques remanescentes mantidos em laboratórios russos e americanos, afirmando que eles representam um risco.

No entanto, Washington e Moscou apóiam a manutenção dos estoques para fins de pesquisa, argumentando que os cientistas precisam estar sempre um passo à frente de potenciais ameaças de doenças relacionadas ao bioterrorismo.

Em 2004, um comitê consultivo de especialistas da OMS destacou a ameaça de um vírus da varíola sintético, cujo desenvolvimento seria possível com os avanços continuados na genética.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    14h29

    0,12
    3,269
    Outras moedas
  • Bovespa

    14h34

    -0,50
    63.765,84
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host