UOL Notícias Notícias
 

22/05/2007 - 13h52

Exposição a hormônios femininos humanos ameaça peixes machos

MONTREAL, 22 mai (AFP) - Pequenas quantidades de hormônios femininos humanos na água doce têm efeitos "afeminantes" em peixes machos, e pode ameaçar os espécimes selvagens, alerta um estudo americano-canadense publicado nesta terça-feira.

Pesquisadores do instituto de Pesca e Oceanos do Canadá e da Agência de Proteção Ambiental dos Estados Unidos adicionaram uma pequena quantidade de estrogênio sintético em um lago artificial no norte de Ontário por sete anos, num nível similar ao encontrado no esgoto das grandes cidades canadenses.

O estrogênio sintético no esgoto provém principalmente de pílulas para controle de natalidade.

O jovens peixes machos da espécie Pimephales promelas (vairão) estudada produziu menos esperma fértil, proteínas de óvulo e, em alguns casos, óvulos foram encontrados dentro de seus testículos, segundos os especialistas.

Os mesmos efeitos foram vistos em peixes maiores que se alimentam desta espécie.

Pesquisas anteriores demonstraram que o peixe macho, caso tenha contato com estrogênio, pode sofrer de efeitos "afeminantes", mas não focaram os efeitos com eventuais transformações para a sobrevivência da espécie.

O estudo, liderado pela canadense Karen Kidd e publicado na Proceedings of the National Academy of Science, concluiu que "as concentrações de estrogênio e similares observados em água doce podem ter um impacto na sustentação das populações de peixes selvagens."

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host