UOL Notícias Notícias
 

22/05/2007 - 23h30

FDA aprova pílula 'sem menstruação'

CHIGAGO, EUA, 22 maio 2007 (AFP) - Uma nova pílula anticoncepcional, que elimina a menstruação, foi aprovada nesta terça-feira pela FDA, a agência federal que regula o setor de alimentos e remédios nos Estados Unidos.

A Lybrel ministra uma baixa e consistente dose de hormônios que bloqueia a menstruação com uma cartela de comprimidos para 28 dias. A pílula estará disponível nos Estados Unidos a partir de julho.

Esta é a primeira vez que os reguladores federais se pronunciam sobre a prática contraceptiva sem a presença do placebo para permitir o ciclo menstrual.

"Para aquelas mulheres que buscam opções contraceptivas e que estão interessadas em pôr seu período menstrual na espera... Lybrel talvez seja uma escolha apropriada", disse Ginger Constantine, vice-presidente de Cuidado da Saúde da Mulher da Wyeth Pharmaceuticals, empresa que desenvolveu a pílula.

Antes, já existiam, porém, opções para as mulheres que queriam evitar o período menstrual. A Seasonique, uma pílula que reduz o número de menstruações anuais para quatro, esteve disponível no mercado por algum tempo. Já as que quiserem evitar totalmente a menstruação podem recorrer à injeção Depo Provera a cada três meses.

A FDA (sigla em inglês) advertiu que 41% das mulheres que usaram Lybrel em um teste clínico apresentaram sangramentos não programados, embora estes tenham diminuído com o passar do tempo.

"Aconselha-se os profissionais de saúde e pacientes que, quando considerarem o uso de Lybrel, pesem a conveniência de não ter menstruações programadas com a inconveniência de um sangramento não programado" disse a FDA.

A eliminação de um período regular também pode dificultar que uma mulher perceba que está grávida, completou.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    13h39

    0,91
    3,156
    Outras moedas
  • Bovespa

    13h47

    -1,16
    74.518,64
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host