UOL Notícias Notícias
 

22/05/2007 - 19h49

UE apresenta medidas para lutar contra crimes na Internet

ESTRASBURGO, França, 22 maio 2007 (AFP) - O comissário europeu de Justiça, Franco Frattini, apresentou nesta terça-feira, em Estrasburgo, medidas para melhorar a luta contra crimes na Internet na União Européia (UE), depois que a Estônia foi afetada por 128 ataques coordenados na primeira quinzena de maio.

Frattini não quis se pronunciar sobre a origem "desta ação orquestrada para paralisar um Estado", atribuída por muitos à Rússia, lembrando que a Agência Européia de Segurança das Redes e da Informação (Enisa, sigla em inglês), instalada na Grécia, analisa atualmente estes acontecimentos.

"Não posso emitir suspeitas antes do resultado de suas análises, em dois meses", declarou Frattini, em uma entrevista coletiva na sede do Parlamento Europeu, em Estrasburgo (leste da França).

Dentro da definição de uma política européia contra a "cibercriminalidade", Frattini disse que o ocorrido na Estônia "se trata de um caso de referência, o primeiro para a agência", acrescentando que "já houve ataques contra um ministério ou um banco, mas nunca contra um Estado".

Após a crise provocada pelo deslocamento em Talin de um monumento em homenagem aos soldados soviéticos, os principais sites estonianos foram alvo de ataques regulares que perturbaram um país, no qual a utilização da Internet está entre as mais avançadas na Europa.

Embora este caso tenha ligado o alarme na Europa, o comissário se referiu hoje a outras razões mais importantes para melhorar o vínculo entre as agências nacionais e iniciar um diálogo reforçado com a indústria.

Nesse sentido, ele lembrou que a pornografia infantil pela Internet "se encontra em plena expansão", com uma alta dos crimes de 1.500% entre 1997 e 2004. Já as fraudes e abusos em matéria bancária via Internet aumentaram 8.

000% nesse período na Grã-Bretanha.

Frattini se referiu também aos sites nos quais se ensina a fabricar uma bomba, "algo que não está sujeito à condenação em todos os Estados-membros da UE".

"Queremos conseguir que isso seja considerado um delito", explicou.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    17h00

    0,40
    3,279
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    0,95
    63.257,36
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host