UOL Notícias Notícias
 

27/05/2007 - 16h50

Hamas rejeita trégua proposta por Abbas sobre disparos de foguetes

GAZA, 27 maio 2007 (AFP) - O movimento islâmico Hamas rejeitou neste domingo o projeto de trégua proposto pelo presidente palestino, Mahmud Abbas, para acabar com os disparos de foguetes contra Israel em troca da suspensão dos ataques israelenses ao território palestino, disse um porta-voz do grupo.

"A trégua deve ser recíproca e aplicada simultaneamente na Faixa de Gaza e Cisjordânia", afirmou o porta-voz Ayman Taha, após um encontro em Gaza com os principais movimentos palestinos.

Abbas, líder do Fatah, propôs na sexta-feira que todos os grupos palestinos aceitassem uma trégua de um mês envolvendo os disparos de foguetes da Faixa de Gaza, que seria ampliada depois à Cisjordânia.

"Os israelenses continuam com suas operações" e seu primeiro-ministro, "Ehud Olmert, rejeita qualquer trégua. A resistência não é a culpada nesta questão, e sim a ocupação", acrescentou Taha.

Representantes do Fatah, Hamas, Jihad Islâmica, Frente Popular de Libertação da Palestina e Frente Democrática de Libertação da Palestina participaram da reunião deste domingo.

Olmert também rejeitou o plano de Abbas.

"Não estamos condicionados por qualquer calendário e decidiremos onde, quando e de que modo vamos operar, sem ceder às condições de ninguém", disse Olmert neste domingo durante o conselho de ministros.

Desde 16 de maio, Israel respondeu aos disparos de foguetes palestinos contra o sul do território hebreu com 59 ataques aéreos, dirigidos principalmente a objetivos do Hamas.

Esta ofensiva já matou 46 palestinos, incluindo mais de 10 civis. Os foguetes palestinos deixaram dois civis mortos em Israel.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    10h09

    -0,10
    3,133
    Outras moedas
  • Bovespa

    10h16

    0,53
    76.379,51
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host