UOL Notícias Notícias
 

29/05/2007 - 12h18

China tem quase 100.000 mortos por ano por tabagismo passivo

PEQUIM, 29 mai (AFP) - O ministro chinês da Saúde informou nesta terça-feira que até 100.000 pessoas morrem a cada ano no país devido ao tabagismo passivo e que mais de meio milhão de pessoas estão doentes pelo mesmo motivo.

Um relatório ministerial, o primeiro deste tipo, segundo as autoridades, calculou em mais de 350 milhões o número de fumantes na China e em quase um milhão as pessoas que morrem anualmente por doenças relacionadas a este hábito, segundo a agência Nova China.

"Esperamos que o relatório leve as autoridades a implementar leis e regulamentações para prevenir o tabagismo passivo nos edifícios públicos", destacou uma fonte do Centro Nacional de Controle e Prevenção de Doenças.

O governo chinês proibiu o fumo nos transportes públicos, mas ainda não agiu em relação a outras áreas públicas.

Um em cada três fumantes do planeta se encontra na China, que é o maior produtor de tabaco, segundo a Organização Mundial da Saúde.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h58

    -0,53
    3,128
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,28
    75.389,75
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host