UOL Notícias Notícias
 

29/05/2007 - 13h39

Escudo antimísseis dos EUA transformará Europa em barril de pólvora, segundo

Putin MOSCOU, 29 mai (AFP) - O presidente russo Vladimir Putin advertiu nesta terça-feira para o risco da Europa se "transformar em um barril de pólvora" se os Estados Unidos erguerem seu escudo antimísseis.

"Consideramos perigoso e nefasto transformar a Europa em um barril de pólvora e enchê-la com novos tipos de armamentos", declarou o presidente russo após ter se reunido no Kremlin com o primeiro-ministro português José Sócrates, cujo país presidirá a União Européia a partir do mês de julho.

"São riscos novos e inúteis para as relações internacionais e européias", acrescentou Putin.

Os Estados Unidos querem instalar 10 mísseis interceptores na Polônia e um radar de grande potência na República Tcheca, como parte de seu projeto de escudo antimísseis.

Para Washington, seriam instalações defensivas destinadas a responder a eventuais ataques com mísseis lançados a partir do Oriente Médio, que para a Rússia constituem uma ameaça inexistente.

O presidente Putin afirmou em várias ocasiões que teme que um escudo deste tipo relance a "corrida armamentista" no continente.

Fortemente criticado no Ocidente pelo retrocesso das liberdades civis e dos direitos humanos na Rússia, Putin criticou novamente o campo ocidental.

"Vamos parar de dizer que de um lado estão os aliados limpos, brancos, com todas as qualidades, e do outro há um monstro que acaba de sair do bosque", ironizou o presidente russo à imprensa.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,12
    3,283
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,05
    63.226,79
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host