UOL Notícias Notícias
 

06/07/2007 - 10h57

Presidente da França pode apoiar um socialista para dirigir o FMI

PARIS, 6 jul 2007 (AFP) - O presidente da França, Nicolas Sarkozy, poderá apoiar a candidatura dos socialistas Laurent Fabius ou Dominique Strauss-Kahn à direção geral do Fundo Monetário Internacional (FMI), afirmou nesta sexta-feira o porta-voz da presidência francesa.

"São dois homens de qualidade. O presidente da República responderá a esta questão nos próximos dias", afirmou o porta-voz David Martinon.

O jornal francês "Le Monde" se pergunta na edição desta sexta-feira se esta estratégia não é uma tentativa de Sarkozy de enfraquecer o Partido Socialista, já desestabilizado pela política de abertura do presidente, que elegeu várias personalidades de esquerda para integrar seu governo.

O atual diretor-gerente do Fundo, o espanhol Rodrigo Rato, anunciou semana passada, para surpresa geral, que abandonaria seu cargo em outubro, dois anos antes do fim de seu mandato, por razões "estritamente pessoais".

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,67
    3,136
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    0,31
    75.990,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host