UOL Notícias Notícias
 

16/07/2007 - 15h02

Confirmado: Igreja de Los Angeles pagará US$ 660 milhões a vítimas de pedofilia

LOS ANGELES, 16 Jul 2007 (AFP) - A Corte Superior de Los Angeles ratificou nesta segunda-feira o maior acordo já pago por uma diocese católica nos Estados Unidos. Advogados da Igreja Católica e 508 pessoas que sofreram abusos sexuais por parte de sacerdotes compareceram ao tribunal de Los Angeles que confirmou o pagamento de 660 milhões de dólares em indenizações.

"O dinheiro será pago às vítimas antes de 1 de dezembro deste ano", ressaltou o juiz Boucher ao confirmar a decisão.

"Até agora, mais importante que o dinheiro são os termos deste acordo que garante transparência, clareza e (se compromete) com a divulgação dos arquivos confidenciais dos sacerdotes que estiveram envolvidos nestes casos de abusos de muitas crianças durante as últimas cinco décadas", destacou o magistrado.

O arcebispo de Los Angeles, cardeal Roger Mahony - acusado por vítimas de tentar encobrir os casos de pedofilia em sua diocese - disse no domingo que esses casos nunca deveriam ter acontecido.

"Peço perdão novamente a todos os que foram ofendidos, que foram abusados pelos sacerdotes, diáconos, homens ou mulheres religiosos, ou por leigos", disse o cardeal.

A questão se baseia em várias queixas contra o padre Clinton Hagenbach, falecido em 1987, de abusos sexuais. Mesmo a causa tendo prescrito, os autores das ações voltaram suas denúncias contra a Igreja.

O acordo alcançado entre a arquidiocese de Los Angeles e as vítimas prevê a publicação de informes de pessoais de padres acusados, para que se possa conhecer se as autoridades católicas encobriram esses atos, informou o jornal The New York Times.

John Manly, advogado de 50 vítimas, disse à AFP que a arquidiocese aceitou o acordo para evitar a vergonha de um processo judicial.

Manly indicou que a publicação dos informes levantará as dúvidas sobre o trabalho do cardeal de Los Angeles, Roger Mahony, acusado de ter encoberto provas dos abusos e de ter transferido os padres para outros bispados.

"Acho que, quando as pessoas verem os documentos e conhecerem o que ele (Mahony) sabia e o que fez, se surpreenderão", acrescentou Manly.

Para poder desembolsar cifras colossais, a Igreja teve de vender várias propriedades. Vários padres foram condenados e cinco bispos e arcebispos declararam falência ante a impossibilidade de indenizar em dinheiro os danos.

O escândalo dos padres pedófilos explodiu em 2002, em Boston (Massachusetts), onde mais de 500 supostas vítimas de abusos apresentaram queixas. O caso acabou com a entrega de 85 milhões de dólares aos querelantes.

A arquidiocese de Los Angeles, a maior dos Estados Unidos, deverá vender prédios e outras propriedades da Igreja para pagar às vítimas. Segundo o Los Angeles Times, o arcebispado possui propriedades no valor de quatro bilhões de dólares.

Em dezembro, a arquidiocese aceitou desembolsar 60 milhões de dólares para chegar a um acordo com 45 supostas vítimas de padres pedófilos.

No total, a arquidiocese de Los Angeles e suas seguradoras pagaram nos últimos anos 114 milhões de dólares correspondentes a 86 processos.

Os casos raramente chegam aos tribunais, já que normalmente concluem com acordos financeiros.

Em 2004 a diocese de Orange (Califórnia) pagou 100 milhões de dólares para encerrar 90 processos e, em 2005, a também californiana Oakland entregou 56 milhões a suas 56 vítimas.

Mas a Igreja às vezes se mostra menos generosa. Em 2006 a diocese de Convington (Kentucky) pagou 84 milhões de dólares a 350 vítimas de abusos.

Barbara Plaine, da rede de vítimas de abusos sexuais por parte de padres (SNAP, sigla em inglês), acredita que o novo acordo é uma "notícia maravilhosa para todas as vítimas".

"Nenhuma soma de dinheiro pode devolver às vítimas sua inocência perdida e sua infância roubada, mas esperamos que lhes permita virar a página destes elementos muito dolorosos de sua vida", indicou.

"Não teria havia abusos se os chefes da Igreja fizessem seu trabalho", acrescentou.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    13h29

    0,36
    3,291
    Outras moedas
  • Bovespa

    13h34

    -0,51
    62.934,58
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host