UOL Notícias Notícias
 

17/07/2007 - 08h40

O número dois da FPLP está entre os 250 palestinos que Israel libertará

RAMALLAH, Cisjordânia, 17 Jul 2007 (AFP) - O número dois da Frente Popular para a Libertação da Palestina (FPLP), Abdelrahim Malluh, figura entre os 250 prisioneiros palestinos que Israel está disposto a libertar, informaram fontes palestinas.

Segundo elas, o presidente da Autoridade Palestina Mahmud Abbas, que se encontrou na segunda com o primeiro-ministro israelense Ehud Olmert, informou à família de Malluh, detido desde 2002, sobre sua libertação em breve.

Malluh, que também é membro do Comitê Executivo da Organização para a Libertação da Palestina (OLP), dirigida por Abbas, foi condenado em abril de 2004 a nove anos de prisão, dois deles com sursis, por um tribunal militar israelense, que o declarou culpado por pertencer a organização terrorista responsável por atentados antiisraelenses.

Malluh, de 60 anos, é um dos fundadores da FPLP, uma formação laica de esquerda.

Um comitê interministerial israelense aprovou nesta terça-feira uma lista de 250 prisioneiros palestinos que serão libertados, em princípio, na próxima sexta, segundo anunciou o gabinete de Olmert.

A lista completa deve ser publicada ainda hoje.

No total total, 11.000 palestinos permanecem presos em Israel.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,38
    3,223
    Outras moedas
  • Bovespa

    18h25

    -0,04
    74.486,58
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host