UOL Notícias Notícias
 

04/10/2007 - 22h09

Polícia espanhola prende 22 membros do Batasuna

MADRI, 4 Out 2007 (AFP) - A polícia espanhola prendeu 22 membros do Batasuna, o braço político da organização separatista basca ETA, entre eles seus principais dirigentes, em uma operação conduzida na noite desta quinta-feira no País Basco, informou a Rádio Nacional da Espanha.

As detenções foram ordenadas pelo juiz de instrução da Audiência Nacional - a máxima instância penal espanhola - Baltasar Garzon e aconteceram na localidade de Segura, no norte do País Basco, onde os membros do partido estavam reunidos, segundo a mesma fonte.

Na terça-feira, foram detidos na cidade basca de San Sebastian dois importantes membros de Batasuna, entre eles o porta-voz Joseba Alvarez.

A reunião em Segura tinha por objetivo a transferência do poder entre a antiga 'mesa nacional' (direção do partido) e a nova, destacou a fonte.

No encontro "havia pessoas procuradas por formação de quadrilha" e que "continuavam realizando atividades proibidas", informou à Rádio Nacional da Espanha o procurador-geral do Estado, Cándido Conde Pumpido.

"Esta atividade não pode ser tolerada e se a polícia tem conhecimento, como ocorreu em Segura, parece prudente intervir".

Entre os detidos estão Joseba Permach, um dos principais dirigentes do grupo desde a prisão, em junho passado, de Arnaldo Otegi. Também foram presos Juan José Petrikorena e Majibe Fullaondo, militantes de importância crescente na organização.

Segundo fontes judiciais, os detidos irão para Madri, onde serão interrogados pelo juiz Garzón no final de semana.

O Batasuna é investigado por Garzón por financiar o ETA através das "herrikos tabernas', sedes populares do partido.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h58

    -0,53
    3,128
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,28
    75.389,75
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host