UOL Notícias Notícias
 

13/11/2007 - 06h10

Benazir Bhutto pede a renúncia de Musharraf

ISLAMABAD, 13 Nov 2007 (AFP) - A ex-primeira-ministra do Paquistão Benazir Bhutto pediu nesta terça-feira a renúncia do presidente paquistanês, o general Pervez Musharraf, em uma entrevista por telefone ao canal britânico Sky News TV concedida na residência em que se encontra em prisão domiciliar.

"Afirmamos que Musharraf deve sair. Acabou a época da ditadura", afirmou Bhutto na residência de um líder de seu partido em Lahore (leste do país), local cercado pela polícia, que a mantém em prisão domiciliar para impedir sua presença em uma "longa marcha" de protesto contra o estado de exceção instaurado por Musharraf no início do mês.

A residência está cercada por mais de 1.100 oficiais da polícia, assim comos os acessos à casa. Para garantir que Bhutto não deixe o local e nem receba visitas, as forças de segurança utilizaram arame farpado, barreiras de madeira e contêineres.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    12h09

    -0,80
    3,257
    Outras moedas
  • Bovespa

    12h18

    0,97
    63.842,95
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host