UOL Notícias Notícias
 

03/12/2007 - 19h04

Chefão da máfia siciliana é morto em tiroteio com a polícia

ROMA, 3 dez 2007 (AFP) - Um chefão da máfia siciliana, Daniele Emmanuello, de 43 anos, considerado um dos 30 criminosos mais procurados da Itália, morreu nesta segunda-feira durante tiroteio com a polícia, informou o ministério do Interior italiano.

O mafioso, que não estava armado, caiu durante operação elaborada pelas forças da ordem para detê-lo, indicou a polícia.

A residência de Emmanuello, na cidade de Villarosa, perto de Caltanisetta (centro da Sicília) foi cercada por agentes que ordenaram a seus ocupantes que saíssem um a um com as mãos na cabeça.

Segundo os primeiros resultados da autopsia, o mafioso siciliano, fugitivo há 13 anos, foi vítima de um disparo recebido na nuca quando tentava fugir por uma janela.

"A morte de uma pessoa não pode ser motivo de satisfação, mas a Sicília foi libertada de um dos mafiosos mais poderosos e sanguinários", indicou em comunicado o ministro italiano do Interior, Giuliano Amato.

Daniele Emmanuello era acusado de associação mafiosa, homicídio, extorsão e tráfico de drogas.

Emmanuello "era considerado um dos chefões mais perigosos e brutais da Cosa Nostra", comentou Giuseppe Lumia, vice-presidente da comissão parlamentar antimáfia.

O tribunal de Caltanissetta abriu investigação judicial sobre a morte de Emmanuello.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -1,03
    3,146
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,09
    68.714,66
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host