UOL Notícias Notícias
 

17/12/2007 - 09h55

Caso da Miss Bélgica, que não fala holandês, causa polêmica

BRUXELAS, 17 dez 2007 (AFP) - A Bélgica está vivendo mais uma crise com a descoberta que sua Miss, recentemente escolhida, não fala direito o holandês, o que provocou a indignação dos flamencos em seu conflito com os habitantes que falam francês.

"A Miss Bélgica não fala holandês" é a manchete nesta segunda-feira do grande jornal popular da região de Flandres (norte), Het Laatste Nieuws, depois da escolha da jovem Alizée Poulicek, natural da província de Liège (sul).

O jornal fala da "crise comunitária" que vive o pequeno reino, sem um novo governo há seis meses por causa das tensões de duas comunidades lingüísticas, e afirma que isso transparece em setores que extrapolam a política.

"De fato, a jovem de Liège, primeira natural da Valônia eleita Miss Bélgica desde 2003, não fala holandês. E isso não cai bem", observa a publicação, em referência à estudante de 20 anos que fala francês, tcheco e inglês, mas não sabe se expressar numa das línguas oficiais de seu país.

Esse fato não a impediu de ser eleita, mas Poulicek foi vaiada pelos 4.000 espectadores presentes no evento quando confessou não compreender uma pergunta feita em holandês.

Uma pesquisa feita pelo site do jornal flamenco De Standaard mostra que a maioria dos eleitores reprovou o fato da Miss Bélgica desconhecer o holandês, o que levou Poulicek a prometer que vai tentar se aperfeiçoar no idioma.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host