UOL Notícias Notícias
 

28/12/2007 - 14h50

Policiais egípcios atiram para o alto para afastar fotógrafos de Sarkozy

CAIRO, 28 dez 2007 (AFP) - As forças de segurança egípcias chegaram a atirar para o alto nesta sexta-feira para impedir que fotógrafos se aproximassem do barco onde estavam o presidente francês, Nicolas Sarkozy, e sua namorada Carla Bruni, disse à AFP um responsável pela segurança.

Os fotógrafos estavam tentando se aproximar do casal, que passa alguns dias de férias no balneário de Sharm-el-Sheikh, quando as forças de segurança atiraram, explicou o responsável, que não quis ser identificado.

A embarcação onde estavam os fotógrafos se afastou, e Sarkozy pôde continuar seu passeio no Mar Vermelho, acrescentou.

"Trata-se de um chefe de Estado, é normal que as medidas de segurança sejam draconianas", justificou.

Em Luxor (sul), primeira etapa de suas férias no Egito, Nicolas Sarkozy e Carla Bruni se deixaram fotografar de mãos dadas pelos turistas.

Na manhã desta sexta-feira, Sarkozy se encontrou com seu colega egípcio, Hosni Mubarak, em Sharm-el-Sheikh.

Depois de suas férias, o presidente francês deve seguir domingo ao Cairo para uma visita oficial.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -1,22
    3,142
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    0,67
    70.477,63
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host