UOL Notícias Notícias
 

15/01/2008 - 00h36

Evo Morales e governadores retomam diálogo para pacificar Bolívia

LA PAZ, 15 Jan 2008 (AFP) - O presidente Evo Morales e nove governadores da Bolívia, seis deles da oposição, reiniciaram nesta segunda-feira um diálogo para tentar superar a aguda crise política nacional, por divergências sobre a nova Constituição e a pretensão de algumas regiões de conquistar a autonomia.

A reunião começou às 20h35 (22h35 de Brasília) no Palácio presidencial Quemado, com a presença de Morales, do vice-presidente Alvaro García, dos governadores opositores Rubén Costas (Santa Cruz), Manfred Reyes Villa (Cochabamba), Ernesto Suárez (Beni), Leopoldo Fernández (Pando), Mario Cossío (Tarija) e José Luis Paredes (La Paz) e dos governadores aliados Mario Virreira (Potosí), Alberto Aguilar (Oruro) e Ariel Iriarte (Chuquisaca).

Costas, o poderoso governador do rico departamento de Santa Cruz e cabeça visível da oposição política, regional e empresarial, comentou que este segundo encontro "já deve servir para se ter uma pauta para conseguir um acordo que o país espera".

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,12
    3,283
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,05
    63.226,79
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host