UOL Notícias Notícias
 

18/01/2008 - 10h52

Ex-refém das Farc apela para o lado humano de Uribe

BUENOS AIRES, 18 Jan 2008 (AFP) - A ex-refém das Farc Consuelo González acredita que o 'lado humano' do presidente da Colômbia, Alvaro Uribe, favorecerá uma negociação para libertar mais reféns, em entrevista publicada nesta sexta-feira pelo jornal argentino Clarín.

"Sou otimista. Vejo menos distante agora (as negociações) porque apelo para o lado humano do presidente Uribe, que sei que não perdeu, e apelo para a solidariedade de países amigos", afirmou.

A ex-congressista revelou a conversa que teve com com Uribe depois de sua volta à Colômbia.

"Disse a ele que a situação era crítica, que era uma corrida contra o relógio, contra a morte e, se não fizéssemos algo para tirá-los de lá o quanto antes, eu estava certa de que meus companheiros não conseguirão sobreviver".

Consuelo disse ainda acreditar que as Farc sabem que não podem continuar mantendo os reféns porque "o custo político é enorme".

A ex-congressista de 57 anos ratificou sua gratidão ao presidente venezuelano Hugo Chávez por mediar sua libertação, sem, no entanto, deixar Uribe de lado.

"Sei que o presidente Uribe fez muitas gestões para conseguir a libertação e está fortalecido em sua política de segurança democrática".

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,45
    3,141
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,39
    64.684,18
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host