UOL Notícias Notícias
 

06/02/2008 - 09h30

Presidente italiano dissolve Parlamento

ROMA, 6 Fev 2008 (AFP) - O chefe de Estado italiano, Giorgio Napolitano, dissolveu nesta quarta-feira o Parlamento, abrindo caminho para um pleito antecipado em abril, apenas dois anos depois das últimas eleições legislativas.

Napolitano explicou à imprensa que "a dissolução foi uma decisão obrigatória diante do resultado negativo" das consultas do presidente do Senado, Franco Marini, com os partidos políticos e mediante a "impossibilidade de formar uma maioria para realizar uma reforma rápida da lei eleitoral".

O chefe de Estado, que se opunha às eleições antecipadas, expressou sua "amargura" diante da perspectiva de que se realizem votações com a atual lei eleitoral.

Segundo Napolitano, uma convocatória imediata às urnas constitui uma "anomalia" que "não deixará de ter conseqüências para a gobernabilidade do país".

O Conselho de ministros começa às 12H00 GMT (10H00 de Brasília) uma reunião para fixar a data das eleições legislativas, que deveriam ser convocadas provavelmente para os dias 13 e 14 de abril.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -1,03
    3,146
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,09
    68.714,66
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host