UOL Notícias Notícias
 

20/02/2008 - 15h46

Ministro francês das Relações Exteriores visita Venezuela e Colômbia

PARIS, 20 Fev 2008 (AFP) - O chefe da diplomacia francesa, Bernard Kouchner, embarcou nesta quarta-feira pela manhã para uma visita a Venezuela e Colômbia para debater a situação dos reféns neste segundo país, dentre eles a franco-colombiana Ingrid Betancourt, nas mãos da guerrilha das Farc há seis anos.

Kouchner deve mencionar, durante esta visita, "a urgência de uma solução humanitária que permita levar à libertação dos reféns na Colômbia", informou o Ministério das Relações Exteriores francês em um comunicado.

Ele se reunirá nesta quarta-feira em Caracas com o presidente venezuelano Hugo Chavez, que desempenha um papel-chave na questão dos reféns. Na quinta-feira, Kouchner será recebido em Bogotá pelo presidente colombiano Alvaro Uribe.

A libertação dos reféns, dentre os quais Ingrid Betancourt, detida desde 23 de fevereiro de 2002, representa uma prioridade para a França.

Uma série de manifestações está prevista na França em ocasião, no sábado, dos seis anos de detenção de Betancourt.

Os rebeldes das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) propuseram a troca de Ingrid Betancourt e de 42 outros reféns por 500 guerrilheiros presos, e exigem para isso a desmilitarização de duas cidades do sul do país.

O presidente Uribe se disse disposto a negociar a troca, mas se recusa a desmilitarizar uma área tão grande e populosa e propõe um perímetro mais restrito e pouco habitado.

A mãe de Ingrid Betancourt acaba de enviar a sua filha uma carta de tom pessimista, explicando que o governo colombiano e as Farc não tinham a intenção de negociar uma troca.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    14h19

    0,80
    3,153
    Outras moedas
  • Bovespa

    14h28

    -1,00
    74.633,06
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host