UOL Notícias Notícias
 

21/02/2008 - 09h57

Governo e oposição quenianos negociam criação de posto de primeiro-ministro

NAIRÓBI, 21 Fev 2008 (AFP) - Representantes do governo e da oposição do Quênia, que desde 29 de janeiro negociam uma solução para tirar o país de uma grave crise política e social, discutiam nesta quinta-feira a criação de um posto de primeiro-ministro com poderes limitados, informaram fontes oficiais.

"O subcomitê de mediação sobre assuntos jurídicos chegou a um acordo sobre a criação de um posto de primeiro-ministro com poderes não executivos, mas com responsabilidades substanciais", declarou à AFP Mutula Kilonzo, um dos membros da equipe presidencial.

"Chegamos a um acordo sobre o posto, mas todos sabemos que o diabo se esconde nos detalhes. Devemos submeter o acordo ao conjunto do comitê de negociação", explicou à AFP outro negociador que solicitou o anonimato.

O partido do líder opositor Raila Odinga, que contestou a reeleição no dia 27 de dezembro do presidente Mwai Kibaki, exige a criação de um posto de chefe de Governo dotado de amplos poderes executivos.

A equipe presidencial se declara disposta a criar um posto de primeiro-ministro com poderes limitados, desde que Kibaki continue liderando o governo.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    17h00

    0,40
    3,279
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    0,95
    63.257,36
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host