UOL Notícias Notícias
 

04/03/2008 - 18h55

Presidente colombiano visita ex-reféns das Farc em Bogotá

BOGOTÁ, 4 Mar 2008 (AFP) - O presidente da Colômbia, Alvaro Uribe, visitou nesta terça-feira dois ex-congressistas libertados recentemente pelas Farc, a quem expressou seu "profundo pesar" pelas condições do cativeiro, e pediu aos colombianos que permaneçam "firmes" contra os guerrilheiros.

Depois de se encontrar com a ex-congressista Gloria Polanco, Uribe afirmou: "ela me contou todas as agruras. Por isso, nesta hora de dificuldades, meus compatriotas devem permanecer firmes contra o terrorismo e seus patrocinadores", declarou à imprensa.

Depois, Uribe visitou o ex-congressista Luis Eladio Pérez, e afirmou que a felicidade por sua liberação se soma à "tristeza de ouvir a narração da tortura à qual foi submetido".

"Vocês sabem que há dias nós seguimos buscando a libertação dos seqüestrados. Não teremos tranqüilidade de dia nem de noite, não teremos descanso, até que tenhamos os seqüestrados a salvo, totalmente soltos", enfatizou o presidente.

Uribe se comprometeu a "continuar buscando através de todos os instrumentos constitucionais" a libertação dos reféns. "Vamos continuar buscando através da comissão da Igreja Católica, dos dois delegados europeus (França e Suíça), da ação de nossa Força Pública", disse.

O presidente colombiano reiterou a disposição de realizar uma libertação em massa de rebeldes presos através de uma lei chamada de Justiça e Paz que concede benefícios jurídicos a ex-combatentes.

Os ex-reféns Luis Eladio Pérez, Gloria Polanco, Orlando Beltrán e Jorge Eduardo Gechem foram libertados na semana passada pelas Farc.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,12
    3,283
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,05
    63.226,79
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host