UOL Notícias Notícias
 

04/04/2008 - 13h15

Trinta pessoas feitas reféns em um cruzeiro de luxo no litoral da Somália

PARIS, 4 Abr 2008 (AFP) - Um cruzeiro de luxo francês foi atacado por piratas diante do litoral da Somália e trinta membros da tripulação foram feitos reféns, informou o Estado-Maior das Forças Armadas em Paris.

"A embarcação foi vítima de um ato de pirataria no início da tarde, quando navegava entre a Somália e o Iêmen", declarou o capitão do barco, Christophe Prazuck. Segundo ele, o cruzeiro navegava sem passageiros.

"Militares franceses e da Força Tarefa 150 (força marítima sob comando americano) estão presentes na zona. Eles confirmaram a situação e acompanham a evolução dos fatos", acrescentou.

De seu lado, o ministério francês das Relações Exteirores indicou ter recebido informações sobre um navio de cruzeiro, com alguns membros de nacionalidasde francesa, que foi alvo de um ato de pirataria no Golfo de Aden.

"A célula operacional do ministério foi ativada imediatamente para verificar s informações disponíveis e coordenar a ação dos serviços do ministério. O ministério das Relações Exteriores e o armador estão em contato para coordenar o contato com as famílias envolvidas", acrescentou o ministério.

O litoral somali é conhecido como uma das principais zonas de pirataria do mundo.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h30

    0,71
    3,168
    Outras moedas
  • Bovespa

    16h34

    -0,12
    68.631,30
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host