UOL Notícias Notícias
 

12/04/2008 - 11h58

Obama criticado por afirmar que eleitores interioranos são "amargurados"

WASHINGTON, 12 Abr 2008 (AFP) - O pré-candidato democrata Barack Obama se viu obrigado explicar seus comentários sobre os eleitores interioranos, após ser duramente criticado por sugerir que eles seriam "amargurados".

Obama disse na sexta-feira, na Pensilvânia, que os eleitores haviam se afastado de Washington após anos de queda econômica e decidem seus votos através de temas sociais como direito de portar armas ou casamento gay, ao invés dos de caráter econômico.

"Nos últimos 25 anos viram como os postos de trabalho foram para o estrangeiro", disse em um comício. "Viram como sua economia colapsava, perderam seus empregos".

"E durante 25, 30 anos, democratas e republicanos disseram a eles: 'vamos melhorar as comunidades', mas nada disso ocorreu, e agora estão amargurados".

A rival democrata, Hillary Clinton, aproveitou para criticar o senador por Illinois.

"Bom, minha experiência não diz isso, quando viajou pela Pensilvânia, encontro pessoas fortes, otimistas, positivas, não amarguradas", disse Hillary.

Contudo, Obama rejeitou os comentários, que demonstrariam que ele está desinformado.

"As pessoas estão enojadas, frustradas e amarguradas. E querem que ocorra uma mudança em Washington, e por essa razão sou candidato à presidência dos Estados Unidos".

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h16

    -0,05
    3,173
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h23

    1,12
    65.403,25
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host