UOL Notícias Notícias
 

19/04/2008 - 17h59

Exército americano constrói muro em Sadr City

BAGDÁ, 19 Abr 2008 (AFP) - O Exército americano iniciou a construção de um muro no bastião xiita de Sadr City, em Bagdá, onde novos confrontos com milicianos deixaram pelo menos 15 mortos neste sábado.

O comando americano garante que o muro de concreto, de vários metros de altura, vai impedir os disparos de foguete contra outras zonas da capital iraquiana.

O Exército de Mahdi, a milícia do líder radical xiita Moqtada Sadr, condenou a obra, que divide o bairro de mais de dois milhões de habitantes, onde tropas iraquianas e americanas enfrentam os milicianos em frequentes escaramuças.

Apenas hoje, 15 pessoas morreram e cerca de 80 ficaram feridas em Sadr City, segundo fontes médicas, o que eleva a 110 o número de mortos nos confrontos entre o Exército de Mahdi e as tropas americanas e iraquianas, desde o dia 6 de abril.

O porta-voz do movimento "sadrista" em Najaf, Salah al-Ubeidi, disse que o muro "criará novos problemas para os habitantes de Sadr City e isolará a comunidade.

Já um porta-voz do Exército americano, coronel Steven Stover, afirmou que a construção do muro não afetará a vida cotidiana dos mais de dois milhões de habitantes de Sadr City.

O muro "será bom para a segurança, mas complicará o tráfego de veículos e impedirá o povo de trabalhar e fazer compras", disse Muthanna, um jovem trabalhador do bairro. "Vai ser como na Palestina".

Desde a invasão americana, em março de 2003, centenas de muros foram construídos em Bagdá para evitar ataques contra as forças americanas e iraquianas e a população civil.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,13
    3,270
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,51
    63.760,94
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host