UOL Notícias Notícias
 

01/10/2008 - 06h45

Líder talibã paquistanês gravemente enfermo

ISLAMABAD, 1 Out 2008 (AFP) - O líder dos talibãs paquistaneses vinculados à Al-Qaeda, Baitulah Mehsud, está gravemente doente e escondido em alguma parte das zonas tribais do noroeste do Paquistão, onde a rede de Osama Bin Laden e os talibãs afegãos reconstituíram forças, informa a imprensa de Islamabad.

Alguns canais de televisão paquistaneses chegaram inclusive a afirmar que Mehsud, com idade por volta dos 30 anos, comandante do Movimento dos Talibãs do Paquistão (TTP), teria falecido na noite de terça-feira, mas altos oficiais das forças de segurança paquistanesas e comandantes do TTP garantiram que ele continua vivo.

Islamabad acusa Mehsud e o TTP de responsabilidade na onda de atentados suicidas sem precedentes que em pouco mais de um ano deixou 1.300 mortos no país. Mehsud foi formalmente acusado pela justiça paquistanesa pelo assassinato, em 27 de dezembro de 2007 em Rawalpindi, da ex-premier Benazir Bhutto.

"Baitulah está enfermo, seu estado é precário", afirmou à AFP um oficial dos serviços de segurança paquistaneses que pediu anonimato.

Rahim Burki, comandante do TTP ligado a Mehsud, confirmou à AFP por telefone que ele tem diabetes, mas que está sob tratamento.

Porém, o pais de uma mulher prometida em casamento ao líder tribal confidenciou a alguns amigos que "Mehsud está em coma", segundo outra fonte do governo paquistanês.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host