UOL Notícias Notícias
 

09/10/2008 - 12h33

Afeganistão e EUA pressionam o Otan na luta contra o tráfico de drogas

BUDAPEST, 9 Out 2008 (AFP) - O Afeganistão, apoiado pelos Estados Unidos, pediu nesta quinta-feira ajuda concreta à Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) na luta contra o tráfico de droga que permite aos talibãs financiar sua rebelião.

"Gostaria que a Otan apoiasse nossos esforços na campanha contra o tráfico de narcóticos. É o que vou pedir a eles",afirmou o ministro afegão da Defesa, Abdul Rahim Wardak, antes de um encontro com seus colegas dos 25 países da Aliança Atlântica reunidos em Budapest.

O Afeganistão produz 92% do ópio e heroína consumidos no mundo e os talibãs financiam sua resistência contra o governo do presidente Hamid Karzai graças a esse tráfico.

O secretário americnao de Defesa, Robert Gates, por sua vez, deu seu apoio ao pedido afegão.

"O tráfico de droga não é apenas corrosivo para a boa governança, por causa de sua contribuição com a corrupção, como também financia diretamente as pessoas que matam os afegãos, os norte-americanos e nossos sócios da coalizão. Os talibãs obtém pelo menos entre 60 e 80 milhões de dólares anuais com as drogas", afirmou Gates, que se encontra em Budapest.

Según Gates, los talibanes obtienen "por lo menos entre 60 y 80 millones de dólares anuales" del tráfico de droga.

JA Otan não quis até o memento se envolver nas operações de erradicação da droga por temer ter que enfrentar a população rural que vive do cultivo da papoula.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,13
    3,270
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,51
    63.760,94
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host