UOL Notícias Notícias
 

04/11/2008 - 20h44

Estados-chave registram taxa de participação recorde nos EUA

WASHINGTON, 4 Nov 2008 (AFP) - A taxa de participação na eleição presidencial americana atingiu, nesta terça-feira, um nível bastante elevado e "sem precedentes" nos estados-chave, que podem oscilar de um lado para o outro, informaram autoridades locais.

Apesar de um grande fluxo de eleitores, houve poucos problemas técnicos na Flórida, Missouri, Ohio, ou Virgínia, estados nos quais o candidato democrata Barack Obama e o republicano John McCain estão disputando voto a voto.

"A participação é assombrosa", disse Jean Jensen, encarregado das operações eleitorais na Virgínia, destacando que mais de 40% dos cidadãos registrados haviam votado às 10h (13h de Brasília).

A Virgínia, estado tradicionalmente republicano, que conta com 13 grandes eleitores, foi objeto de intensa campanha por parte dos democratas, que esperam vencer ali, pela primeira vez, em 44 anos, como prevêem as pesquisas.

Segundo Jensen, os únicos problemas relatados às autoridades foram a abertura, com atraso, de duas seções de votação, o mau funcionamento de algumas máquinas de leitura óptica das cédulas e alguns eleitores que denunciaram sua retirada arbitrária dos registros.

No Missouri, onde sempre se votou no vencedor das eleições desde 1904, salvo uma única vez, também houve uma participação inédita. "Efetivamente, vimos uma participação sem precedentes", declarou à AFP a diretora de Comunicação da Secretaria do Estado. "Hoje, facilmente bateremos recordes", acrescentou.

Ohio teve um bom começo, nesta terça, devendo também alcançar uma participação recorde com 80%, de acordo com as autoridades locais.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    10h10

    -0,20
    3,263
    Outras moedas
  • Bovespa

    10h19

    0,16
    63.861,18
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host