UOL Notícias Notícias
 

08/12/2008 - 07h41

Paquistão prende 15 pessoas relacionadas aos atentados de Mumbai

Em Islamabad
  • Reuters

    Ativista segura cartaz contra o Paquistão durante manifestação contra os atentado, em Mumbai


As forças de segurança paquistanesas prenderam 15 pessoas pertencentes a uma organização de caridade islamita ligada ao grupo Lashkar-e-Taiba, principal suspeito dos atentados de Mumbai, que deixou 172 mortos, informaram fontes oficiais.

Na periferia de Muzaffarabad, capital da Caxemira paquistanesa, as forças de segurança realizaram na noite de domingo uma operação em um acampamento da fundação Jamaat-ud-Dawa, considerada o braço político do Lashkar-e-Taiba.

Mais cedo, uma fonte dos serviços de inteligência paquistaneses havia anunciado que três pessoas haviam sido detidas na operação.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,12
    3,283
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,05
    63.226,79
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host