UOL Notícias Notícias
 

09/12/2008 - 20h57

Política de Israel nos territórios 'é semelhante a crime contra humanidade'

GENEBRA, 9 dez 2008 (AFP) - A política aplicada por Israel para a população dos territórios palestinos "é semelhante a um crime contra a humanidade", disse nesta terça-feira o especialista da ONU em direitos humanos Richard Falk.

Segundo Falk, as Nações Unidas precisam aplicar a "norma reconhecida sobre a responsabilidade de proteção de uma população civil que é castigada coletivamente por políticas que se assemelham a um crime contra a humanidade".

"No mesmo sentido, me parece que o Tribunal Penal Internacional tem o mandato para investigar esta situação e determinar se os dirigentes políticos israelenses e seus chefes militares responsáveis pelo cerco de Gaza devem ser investigados por violações do direito penal internacional", destacou o especialista das Nações Unidas.

Israel é alvo de "numerosas críticas, sem precedentes desde a época do Apartheid na África do Sul, por parte de responsáveis da ONU, que geralmente são prudentes", assinalou Falk, ao denunciar "o cerco selvagem de Israel contra Gaza, que permite a entrada de alimentos e combustíveis em quantidade suficiente apenas para se evitar a fome em massa e uma epidemia".

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,31
    3,266
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,60
    62.662,48
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host