UOL Notícias Notícias
 

11/12/2008 - 20h40

Ex-diretor paraguaio de Itaipu é acusado de corrupção

ASSUNÇÃO, 11 dez 2008 (AFP) - Víctor Bernal, ex-diretor paraguaio da hidrelétrica de Itaipu, foi acusado de corrupção e a Justiça vai pedir a quebra de sua imunidade parlamentar para processá-lo, informaram fontes judiciais nesta quinta-feira.

"O acusado será convocado para ser informado do processo e, posteriormente, pediremos o fim de sua imunidade parlamentar", disse à imprensa a juíza Patricia González.

Bernal, que dirigiu Itaipu durante o governo do presidente Nicanor Duarte (2003/2008), é hoje senador pelo Partido Colorado, da oposição.

"Trata-se claramente de perseguição política por ter feito parte do governo de Nicanor Duarte", disse Bernal, que se declarou "tranqüilo" para enfrentar o processo.

Duarte entregou o governo, em agosto passado, ao ex-bispo católico Fernando Lugo, terminando com 61 anos de domínio do Partido Colorado.

Além de Bernal, outros três altos funcionários de Itaipu são acusados, todos pelo desvio de cerca de 8 milhões de dólares de fundos procedentes da represa binacional, construída no rio Paraná entre Brasil e Paraguai.

Segundo a promotoria, a maior parte do dinheiro foi para "a campanha do Partido Colorado" nas últimas eleições presidenciais.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,95
    3,157
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h28

    -1,26
    74.443,48
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host