UOL Notícias Notícias
 

13/12/2008 - 14h40

Terrorista sobrevivente de Mumbai pede ajuda legal paquistanesa

MUMBAI, 13 dez 2008 (AFP) - O único terrorista sobrevivente dos atentados de Mumbai escreveu para a embaixada paquistanesa na Índia (denominada Alta Comissão do Paquistão) solicitando ajuda legal, informou a polícia indiana.

A polícia local da capital financeira da Índia enviou a correspondência ao governo de Nova Délhi, de acordo com o diretor do departamento criminal, Rakesh Maria.

O terrorista, Mohammed Ajmal Amir Iman, também solicitou às autoridades paquistanesas que reivindiquem o corpo de um de seus companheiros, morto nos ataques de Mumbai, que deixaram 172 mortos, incluindo nove terroristas.

Iman pode ser indiciado por assassinato, atos de guerra, tentativa de assassinato e outras acusações relacionadas ao uso de armas e explosivos.

A imprensa indiana informa que vários advogados se recusaram a defender Iman.

Nova Délhi afirma que os 10 terroristas de Mumbai procediam do Paquistão e aumentou a pressão sobre o vizinho e eterno rival - que também é uma potência nuclear assim como a Índia - para que combata os grupos radicais presentes em seu território.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h58

    -0,53
    3,128
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,28
    75.389,75
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host