UOL Notícias Notícias
 

14/08/2009 - 14h34

Celso Amorim anuncia visita de Lula ao Peru em dezembro

LIMA, Peru, 14 Ago 2009 (AFP) - Brasil e Peru mantêm uma relação estratégica que se consolidará com uma visita oficial do presidente Luiz Inácio Lula da Silva a Lima em dezembro, anunciou nesta sexta-feira o chanceler Celso Amorim, que realiza uma breve visita ao Peru.

Amorim se reuniu com o presidente Alan García no Palácio do Governo, onde revisaram a agenda bilateral e trataram de temas da realidade regional.

"Posso anunciar que o presidente Lula virá em visita oficial a Lima em ll de dezembro para consolidar essa relação que tem muitas dimensões, seja fronteiriça, energética, de investimento, de consulta política e de esforço comum e de integração de toda a América do Sul", afirmou Amorim.

"Fizemos com Alan García uma avaliação dos progressos realizados na parte fronteiriça, nos aspectos bilaterais de cooperação ecomômica; há muito investimentos de empresas brasileiras que estão satisfaitas", acrescentou.

Amorim referiu, além disso, ao comércio entre ambos países que, apesar de um ano "especialmente difícil pela crise internacional, aumentou muito nos últimos anos e esperamos que continue assim".

O diplomata fez notar que a relação peruano-brasileira é estratégica. "Não é apenas um vínculo entre os dois países e sim significa uma vértebra para fazer a integração de toda a América do Sul".

Por sua parte, o chanceler peruano José García Belaunde enfatizou que a visita de seu colega Amorim "confirma o caminho de trabalho comum que temos em uma relação cada vez mais rica e ampla".

Amorim e García Belaunde devem assinar um acordo sobre as localidades fronteiriças que estabelece um regime especial de benefício mútuo em termos econômicos, comerciais, trabalhistas e sanitários.

Igualmente durante essa visita de Amorim serão assinados acordos de eletrificação rural, produção agrícola, combate contra o crimen organizado e outro documentos relativos à cultura e educação.

O intercâmbio comercial entre Peru e Brasil chegou a 3,2 bilhões de dólares em 2008, sendo que 2,3 bilhões correspondem às exportações brasileiras.

Em abril passado, os presidentes Lula e García se reunieram em Rio Branco, Acre, perto da fronteira comum, para revisar o avanço dos projetos da rodovia interoceânica, que unirá o litoral dos dois países, do Pacífico ao Atlântico, e que deverá impulsionar o intercâmbio comercial.

Nessa reunião, Lula enfatizou que, com a inauguração da rodovia, "a integração entre Peru e Brasil deixará de ser um mero discurso e será uma coisa concreta, com investimentos sóldios e intercâmbio de produtos".

A rodovia deverá estar concluída em 2010 e sua utilização poderá gerar um boom do comércio entre os dois países, como definiu o presidente Alan García.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    12h19

    -0,12
    3,132
    Outras moedas
  • Bovespa

    12h26

    -0,78
    75.396,79
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host