UOL Notícias Notícias
 
15/08/2009 - 20h05 / Atualizada 15/08/2010 - 22h25

Colômbia: para presidente do Congresso, atentado foi obra da extrema direita

CARACAS, 15 Ago 2010 (AFP) -O presidente do Congresso colombiano, Armando Benedetti, disse neste domingo que o atentado de quinta-feira em Bogotá que deixou nove feridos é obra da extrema direita, que quis enviar uma mensagem ao recém-empossado presidente Juan Manuel Santos.

"Pessoalmente, creio de que isso foi feito por forças da extrema direita", declarou Benedetti em entrevista à rede Telesur, com sede em Caracas.

"Foi uma mensagem que quiseram enviar ao novo presidente. É difícil lançar uma hipótese, mas esta é a minha", destacou.

Para Benedetti, os autores do atentado são setores que "se querem fazer sentir desta forma".

A autoria do ataque com carro-bomba, que causou graves danos aos edifícios próximos, ainda não foi descoberta. O governo de Santos considera "todas as hipóteses" acerca dos motivos e autores do atentado, segundo o ministro da Defesa, Rodrigo Rivera.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host