UOL Notícias Notícias
 
15/08/2009 - 11h06

Muçulmanos protestam contra a presença da Índia na Caxemira

SRINAGAR, Índia, 15 Ago 2010 (AFP) -Milhares de muçulmanos protestaram neste domingo, dia em que a Índia celebra sua independência, contra a presença deste país na Caxemira, depois que as forças indianas mataram seis pessoas nos últimos dois dias.

Srinagar e outras partes da Caxemira de maioria muçulmana registraram nos últimos dias as maiores manifestações em dois anos.

As forças indianas anunciaram na sexta-feira e sábado que mataram seis manifestantes durante os protestos violentos de muçulmanos, que atiraram pedras na polícia.

Mas os moradores acusam as forças de segurança de abrir fogo contra manifestantes pacíficos.

As forças indianas tentam conter o aumento das manifestações contra a presença da administração e do exército de Nova Délhi na Caxemira, região de maioria muçulmana.

A Caxemira está dividida em duas partes, administradas respectivamente por Índia e Paquistão. Os dois países disputam a soberania desta região do Himalaia.

Por ocasião da festa nacional indiana, que marca o aniversário do fim do domínio britânico e a independência do país em 1947, o primeiro-ministro indiano Manmohan Singh pediu neste domingo o fim das manifestações violentas na Caxemira.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,59
    3,276
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -1,54
    61.673,49
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host