UOL Notícias Notícias
 

17/08/2009 - 15h30

Argentina está preocupada com o uso de bases colombianas pelos EUA

BUENOS AIRES, Argentina, 17 Ago 2009 (AFP) - A ministra de Defesa da Argentina, Nilda Garré, manifestou nesta segunda-feira preocupação com a instalação "de bases militares" americanas na Colômbia, em ato pelo aniversário da morte do libertador José de San Martín.

"É muito preocupante a instalação de bases militares estranhas à região na Colômbia", destacou Garré na cerimônia da Praça de Armas do Regimento de Granadeiros a Cavalo, no bairro portenho de Palermo.

A ministra lembrou que o tema "gerou alarme nos países da Unasul (União das Nações Sul-Americanas) e a convocação de uma conferência específica presidencial sobre o tema na cidade de Bariloche" (1.600 km ao sul de Buenos Aires) em 28 de agosto próximo.

Garré fez referência ao acordo que Bogotá negociou com Washington e que permite aos Estados Unidos utilizarem sete bases militares por dez anos, dentro da luta contra o narcotráfico.

As tropas americanas vinham realizando até um mês atrás para estas operações a base de Manta, que teve de devolver ao Equador depois que o presidente Rafael Correa decidiu em 2008 não renovar o acordo de cooperação.

No ato liderado por Garré, José de San Martín foi homenageado. O militar nasceu na Argentina em 1778, foi protagonista de campanhas militares decisivas para a independência da Argentina, do Chile e do Peru, então colônias espanholas, e morreu em 17 de agosto de 1850 na França.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,12
    3,283
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,05
    63.226,79
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host