UOL Notícias Notícias
 

18/08/2009 - 15h52

Justiça de Ohio executa assassino de aluguel

WASHINGTON, EUA, 18 Ago 2009 (AFP) - Jason Getsy, de 33 anos, foi executado nesta terça-feira com uma injeção letal, em Ohio (norte), por matar uma mulher de 66 anos em 1995, após ser pago por um homem que ainda aguarda julgamento, indicaram autoridades prisionais do estado.

Getsy foi dado como morto às 10h29 locais (11h29 de Brasília) na prisão de Lucasville, Ohio. Na noite da segunda-feira, o Supremo Tribunal rejeitou o seu último recurso.

Em 1995, com 20 anos, foi contratado por John Getsy Santin para matar, por US $ 5000, Charles Serafino, com quem Santin tinha disputa no trabalho. O jovem entrou na casa de Serafino, que foi baleado na cabeça, antes de disparar em sua mãe, Ann Serafino, que morreu.

Charles Serafino sobreviveu aos ferimentos e, segundo a imprensa local, assistiu nesta terça-feira a execução de Getsy.

Getsy é condenado número 32 em Ohio desde 1999, quando se tornou o Estado voltou a aplicar a pena de morte, e o quarto deste ano.

Trinta e nove pessoas já foram executadas nos Estados Unidos esse ano. Esta semana estão programadas outras duas execuções na Flórida (sudeste) e Texas (sul).

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h58

    -0,53
    3,128
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,28
    75.389,75
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host