UOL Notícias Notícias
 
22/08/2009 - 09h36

Netanyahu promete surpreender os céticos quanto às negociações de paz

JERUSALÉM, 22 Ago 2010 (AFP) -O primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu prometeu surpreender os céticos que duvidam que as negociações diretas com os palestinos, previstas a partir de 2 de setembro, concluam com um acordo de paz.

"Posso entender os céticos. Mas temos a intenção de surprendê-los, sempre e quando tenhamos um interlocutor sério", afirmou Netanyahu pouco antes do início da reunião semanal de governo.

"Um acordo de paz com os palestinos é difícil, mas possível", acrescentou.

Esse acordo, segundo ele, deve estar baseado em acordos de segurança satisfatórios e no reconhecimento de Israel como estado de povo judeu.

O anúncio das negociações diretas foi recebid com ceticismo pela imprensa israelense este domingo, que recordou o fracasso de iniciativas similares há alguns anos.

O jornal de maior difusão, Yediot Aharonot, por exemplo, recordou que negociações desse tipo já foram tentadas em 1993 em Oslo e Washington, e continuaram em Camp David, em 2000, em Taba, Egito, em 2001, e em Annapolis, Estados Unidos, em 2007, sem que se conseguisse nenhum resultado.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    10h19

    -0,05
    3,156
    Outras moedas
  • Bovespa

    10h21

    0,26
    74.634,18
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host