UOL Notícias Notícias
 

22/08/2009 - 21h17

Venezuela pedirá que Unasul lute por 'reversão' de acordo Colômbia-EUA

CARACAS, Venezuela, 22 Ago 2009 (AFP) - A Venezuela aproveitará a cúpula extraordinária da Unasul em Bariloche, na próxima semana, para pedir que o organismo se empenhe no "processo de reversão" do acordo militar assinado entre Colômbia e Estados Unidos, indicou neste sábado o ministro das Relações Exteriores venezuelano Nicolás Maduro.

No dia 28 de agosto, os presidentes dos países da União de Nações Sul-Americanas (Unasul) se encontrarão na estação de esqui argentina para analisar o acordo fechado entre Bogotá e Washington, que prevê o uso de pelo menos sete bases militares colombianas pelo exército americano.

"Esperamos que da cúpula de Bariloche surjam importantes conclusões que permitam garantir ao continente sul-americano que as bases de paz se multipliquem, e que as bases militares dos Estados Unidos iniciem um processo de reversão", disse Maduro.

Para o ministro, a declaração do presidente colombiano, Alvaro Uribe, defendendo uma melhora das relações com a Venezuela e o Equador corresponde a um ato de "absoluta hipocrisia", e que para que isto acontecesse a Colômbia deveria abrir mão de sua "política belicista".

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    17h00

    0,40
    3,279
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h07

    1,24
    63.437,60
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host