UOL Notícias Notícias
 
25/08/2009 - 06h57

Ex-dirigente do Khmer Vermelho recorre de condenação

PHNOM PENH, 25 Ago 2010 (AFP) -Duch, ex-diretor da prisão de Phnom Penh durante o regime do Khmer Vermelho (1975-79), recorreu de sua condenação a 30 anos de prisão, anunciaram seus advogados nesta quarta-feira.

Um tribunal condenou no fim de julho pela primeira vez um ex-dirigente do Khmer Vermelho. A corte determinou uma pena de 30 anos de prisão contra Duch, diretor de uma penitenciária onde 15.000 pessoas foram torturadas antes de ser executadas.

Duch, cujo verdadeiro nome é Kaing Guek Eav e contra o qual a promotoria solicitara uma pena de 40 anos de prisão, foi considerado culpado de crimes de guerra e de crimes contra a humanidade.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h09

    -0,57
    3,264
    Outras moedas
  • Bovespa

    16h15

    1,07
    63.901,49
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host