UOL Notícias Notícias
 
25/08/2009 - 15h34

Carter está na Coreia do Norte para conseguir a libertação de americano (oficial)

WASHINGTON, 25 Ago 2010 (AFP) -Os Estados Unidos confirmaram nesta quarta-feira que o ex-presidente Jimmy Carter está na Coreia do Norte para tentar conseguir a libertação de um cidadão americano detido, sob a acusação de entrada ilegal no país.

De acordo com nota oficial americana, Carter vai tentar obter a libertação de Aijalon Mahli Gomes, um americano condenado a oito anos de trabalhos forçados na Coreia do Norte por ter entrado ilegalmente no país a partir da China.

Gomes trabalhou como professor de inglês na Coreia do Sul e, segundo a imprensa, é um cristão devoto. Ele foi detido em janeiro, condenado e multado em abril a pagar o equivalente a 700.000 dólares.

Em julho, a imprensa estatal norte-coreana noticiou que o americano tentou cometer suicídio e foi levado para um hospital.

Segundo a agência de notícias KCNA, Carter foi recebido no aeroporto de Pyongyang pelo vice-chanceler norte-coreano, Kim Kye-Gwan, também encarregado das questões nucleares.

De acordo com a agência, o ex-presidente americano teve um encontro "cordial" com o número dois do país comunista, Kim Yong-Nam, que preside a Assembleia Popular Suprema da Coreia do Norte.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -1,03
    3,146
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,09
    68.714,66
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host