Hitler aparece em falso curta pornô de campanha contra Aids

Em Berlim

Uma campanha publicitária contra a Aids lançada na Alemanha mostra uma mulher em uma relação com Hitler, para "sacudir as pessoas", antes do dia mundial contra a pandemia, em 1º de dezembro, segundo a agência alemã que criou o vídeo.

O clipe de 30 segundos, que pode ser visto na internet, mostra um casal em uma relação sexual em um quarto quase todo escuro, antes que seja possível distinguir o rosto do homem.

No último plano se revelam os traços de Adolfo Hitler, que olha fixo para a câmera, antes que surja a frase da campanha: "A Aids é um assassino em massa. Proteja-se".

O que você acha do uso da imagem de Hitler em campanha contra Aids?


A agência de publicidade Das Comitee produziu cartazes com mesmo princípio, nos quais usa as imagens de Stalin ou Saddam Hussein.

"Nos perguntávamos que rosto poderíamos dar ao vírus e, certamente, não podia ser um bonito", explica à AFP Dirk Silz, diretor de criação da Das Comitee.

"A campanha foi planejada para sacudir as pessoas, para colocar o tema Aids eM primeiro plano e para inverter a tendência de ter relações sexuais sem proteção", explicou a agência.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos