UOL Notícias Notícias
 

06/11/2009 - 07h18

Tem início greve de fome internacional em favor do clima

SIDNEY, França, 6 Nov 2009 (AFP) - Ecologistas de vários países iniciaram nesta sexta-feira uma greve de fome para alertar a opinião pública mundial sobre o problema do aquecimento global.

Paul Connor, dirigente do movimento, e outras sete pessoas na Austrália, Estados Unidos e Europa têm a intenção de se abster de qualquer tipo de alimentação até o término da conferência sobre o clima que acontecerá entre 7 e 18 de dezembro próximo em Copenhague.

"É uma emergência mundial. Achamos que fazer uma ação moral, de princípio por algo que é justo, pode ter um enorme impacto", declarou Connor à AFP.

Os manifestantes querem que em Copenhague os dirigentes do planeta se comprometam em estabilizar as concentrações de dióxido de carbono na atmosfera em 350 partes por milhão (ppm).

E, 2007, o grupo internacional de especialistas sobre o clime, o IPCC, fixou em menos de 450 ppm o nível de concentração de CO2 para impedir o aquecimento global.

Outros 70 militantes ecologistas devem se unir a este grupo iniciando jejum nesta sexta, mas com uma duração menor.

A greve começará na Austrália às 23h00 local (12H00 GMT). Ações similares acontecerão nos Estados Unidos, Grã-Bretanha, Índia, França, Alemanha, Canadá, África do Sul, Bélgica, Honduras, Butão, Nova Zelândia e Filipinas.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host