UOL Notícias Notícias
 

06/12/2009 - 14h50

Exército das Filipinas descobre novo esconderijo de armas

SHARIFF AGUAK, Filipinas, 6 dez 2009 (AFP) - O exército filipino anunciou neste domingo a descoberta de um terceiro esconderijo de armas na província de Maguindanao, no sul do país, onde a lei marcial foi decretada no sábado, depois da violenta matança política atribuída a um poderoso clã local.

Cerca de 40 armas, entre elas fuzis de assalto M16, foram encontradas em um rancho supostamente pertencente ao governador de Maguindanao, Andal Ampatan Senior, detido no sábado por suspeita de envolvimento no massacre de 57 civis no dia 23 de novembro, sindicou o tenente coronel Michael Samson, porta-voz militar.

"Não foi um registro feito ao acaso. Os guardas (que protegiam a propriedade) serão interrogados", declarou Samson à AFP no local do escondrijo, descoberto com a ajuda de denúncias feitas por habitantes da região.

No sábado, as forças de segurança haviam encontrado 340.000 cartuchos, vários fuzis de assalto e um veículo blindado de fabricação artesanal em um estabelecimento da família Ampatuan. Quatro membros do clã já foram presos.

Na quinta, o exército havia achado um arsenal significativo, composto por armas anti-tanque, morteiros e metralhadoras, a cerca de 100 metros da propriedade da família Ampatuan, em Shariff Aguak.

Ao todo, 62 pessoas ligadas ao poderoso clã dos Ampatuan já foram detidas desde a imposição da lei marcial, informaram neste domingo fontes policiais. Quinze delas foram presas neste domingo em um rancho em Maguindanao, também propriedade da família Ampatuan.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    15h40

    0,69
    3,149
    Outras moedas
  • Bovespa

    15h42

    -1,26
    74.440,70
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host