UOL Notícias Notícias
 

10/12/2009 - 12h55

G77 pede a Obama que se junte ao Protocolo de Kyoto

COPENHAGEN, 10 dez 2009 (AFP) - A coalizão dos países em desenvolvimento pediu nesta quinta-feira aos Estados Unidos que se juntem ao Protocolo de Kyoto, por ocasião da entrega do Prêmio Nobel da Paz ao presidente americano Barack Obama.

"Pedimos ao presidente Obama e aos EUA que se juntem ao Protocolo de Kyoto por um acordo climático justo e igualitário. A paz e a segurança mundiais não podem ser garantidas se os Estados Unidos não participarem da eliminação desta grave ameaça para a humanidade" que representa a mudança climática, declarou o delegado sudanês Lumumba Stanislas Dia-Ping, cujo país preside o G77 mais a China (130 países em desenvolvimento).

"Os Estados Unidos são historicamente os principais emissores de gases do efeito estufa por habitante (...) e a redução de suas emissões de 4% não ajudará a salvar o mundo", disse.

Os Estados Unidos anunciaram um compromisso de redução de 17% em 2020 em relação a 2005, ou seja, 4% comparado a 1990, ano de referência do Protocolo de Kyoto.

Ao chegar a Copenhague quarta-feira, o enviado americano para o Clima Todd Stern rejeitou categoricamente recusado a ideia de aderir a este tratado.

"Não vamos fazer parte do Protocolo de Kyoto (...) nem de nada parecido", disse.

Dia-Ping destacou que Obama está repensando os compromissos do G8 de limitar o aquecimento a 2°C extras.

"Dois graus a mais, isso é a morte garantida para a África", disse.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    15h50

    0,79
    3,152
    Outras moedas
  • Bovespa

    15h58

    -1,25
    74.448,23
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host