UOL Notícias Notícias
 
10/12/2009 - 19h01

Tiroteio no México mata chefe mafioso e outras onze pessoas

MÉXICO, 10 dez 2010 (AFP) -O chefe do cartel 'La Familia' foi morto na "guerra" travada há dois dias entre policiais e traficantes de drogas no estado de Michoacán, oeste do México, informou nesta sexta-feira o porta-voz de Segurança do governo, Alejandro Poiré.

Nos confrontos, iniciados na quarta-feira passada, morreram outras onze pessoas, sendo cinco policiais, três civis e três narcotraficantes.

"Diversos elementos e informação obtidos na operação em Michoacán permitem concluir que foi morto Nazario Moreno González, também conhecido por El Chayo ou El Doctor, principal líder e um dos fundadores de 'La Familia'", disse Poiré.

Segundo um funcionário da promotoria de Michoacán, os três policiais morreram em uma emboscada contra uma caravana que seguia para a região da "guerra" com o cartel La Familia.

"Um comboio de oito a dez caminhonetes da polícia federal foi emboscado esta madrugada (sexta-feira), quando seguia como reforço para Apatzingán e três policiais foram mortos", explicou à AFP um funcionário, que pediu para ter sua identidade preservada.

A fonte não pôde informar se houve vítimas entre os agressores.

A caravana atacada saiu de uma base policial da cidade de Uruapan e foi emboscada na altura do município de Huacana, 460 km a oeste da capital mexicana.

A cidade de Apatzingán tem sido cenário de tiroteios desde a noite de quarta-feira, após outro ataque a uma caravana de 30 carros da polícia, atribuído pelo governo a pistoleiros do cartel La Familia.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,13
    3,270
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,51
    63.760,94
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host