UOL Notícias Notícias
 

18/12/2009 - 08h14

Chirac indiciado em caso de empregos fictícios

PARIS, 18 dez 2009 (AFP) - O ex-presidente francês Jacques Chirac (1995-2005) foi indiciado nesta sexta-feira em uma investigação sobre um suposto sistema de empregos fictícios montado quando ele era prefeito de Paris (1977-1995), informou o advogado do político.

O juiz Jacques Gazeaux, do tribunal de Nanterre, subúrbio de Paris, acusou Chirac de "apropriação ilícita de interesses com relação a sete empregos", anunciou o advogado do ex-presidente, Jean Veil.

Segundo a acusação, a prefeitura de Paris pagava salários a funcionários do partido de Chirac, a União Pela República, que apareciam na lista de empregados do município em fazar qualquer trabalho efetivo.

Na manhã desta sexta-feira, antes do indiciamento, o juiz Gazeaux questionou em Paris Jacques Chirac, que reiterou que "na prefeitura de Paris nunca existiu um sistema de empregos fictícios", destacou Veil.

Chirac pode ser condenado a cinco anos de prisão e a pagar uma multa de 75.000 euros.

Em 30 de outubro, a justiça francesa decidiu que Chirac será julgado em janeiro de 2010 por um tribunal por outro caso de empregos fictícios na prefeitura de Paris.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host